SOBRE O MAPBIOMAS ALERTA

MapBiomas Alerta é um sistema de validação e refinamento de alertas de desmatamento, degradação e regeneração de vegetação nativa com imagens de alta resolução. Esta versão atual é dedicada exclusivamente ao tema de desmatamento em todos os biomas brasileiros e se expandirá para os demais temas ao longo dos próximos dois anos.

O Brasil é coberto por mais de uma dezena de sistemas de alerta de desmatamento nos quais se destacam DETER/INPE (Amazônia e Cerrado), SAD/IMAZON (Amazônia) e GLAD/Univ. Maryland (todos os biomas). Este sistemas, em conjunto, geram dezenas de milhares de alertas a partir da análise de imagens de satélite de média resolução espacial (20 a 60m). Estes alertas são essenciais para o trabalho de fiscalização realizado pelos órgãos ambientais ou para a verificação de compromissos com desmatamento zero nas cadeias de valor entre outras várias utilidades.

Dada a resolução utilizada nestes sistemas os alertas precisam passar por um processo de validação detalhado, muitas vezes seguido de verificações de campo antes de poderem ser úteis para direcionar as providências como o embargo de áreas de desmatamento ilegal.

O MapBiomas Alerta é fruto de consultas com os órgãos governamentais usuários de sistemas de alerta (ex. MMA, IBAMA, SFB, ICMBio, MPF e TCU) e os provedores de alertas (ex. INPE, IMAZON, Universidade de Maryland, CENSIPAM, ISA, JICA+JAXA) onde foi identificada a melhor contribuição que a rede MapBiomas poderia apoiar para subsidiar o monitoramento ambiental.

Sua construção tem como base a experiência exitosa do MapBiomas de trabalho multi institucional, em rede, com processamento distribuído de imagens e dados em larga escala, disponibilizados de forma gratuita, transparente e acessível para a sociedade em geral.

Nesta versão, os alertas gerados pelo DETER (Amazônia e Cerrado), SAD (Amazônia) e GLAD (outros biomas) são coletados e usados como referência para localizar os focos de desmatamento nas imagens diárias de alta resolução (3m). Cada alerta é checado e delimitado de forma mais precisa. Para cada alerta validado é gerado um laudo onde são identificadas imagens de antes e depois do desmatamento, os possíveis cruzamentos com áreas do Cadastro Ambiental Rural (CAR), Cadastro Nacional de Unidades de Conservação (CNUC) e outros limites geográficos (ex. biomas, estados, bacias hidrográficas), além do histórico recente (2012 a 2017) nos mapas anuais de cobertura e uso da terra no Brasil do MapBiomas.

O efeito proposto é gerar uma documentação para alertas de desmatamento que seja equivalente o que representa a foto da placa do carro nos autos de infração de trânsito e assim permitir maior celeridade e eficácia nas ações dos diversos órgãos usuários.

O MapBiomas Alerta não é mais um sistema de alertas de desmatamento, mas um esforço para potencializar a usabilidade e eficácia dos alertas já gerados.

Os dados produzido são públicos e gratuitos e podem ser acessados na plataforma: http://alertas.mapbiomas.org

SOBRE O MAPBIOMAS

O MapBiomas é um projeto multi institucional envolvendo universidades, ONGs e empresas de tecnologia que promove o mapeamento anual de cobertura e uso da terra do Brasil ao longo das últimas três décadas e disponibiliza os dados e mapas de forma aberta e gratuita. Para conhecer mais acesse: www.mapbiomas.org

QUEM SOMOS

O MapBiomas é uma iniciativa do SEEG/OC (Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa do Observatório do Clima) e é produzido por uma rede colaborativa de co-criadores formada por ONGs, universidades e empresas de tecnologia organizados por biomas e temas transversais. Para conhecer todos os parceiros acesse: http://mapbiomas.org

O MapBiomas Alerta é conduzido pelas seguintes instituições:

Coordenação nos biomas

  • Amazônia – Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (IMAZON)
  • Caatinga – Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Geodatin e Associação Plantas do Nordeste (APNE)
  • Cerrado – Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM)
  • Mata Atlântica – Fundação SOS Mata Atlântica e ArcPlan
  • Pampa – Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Pantanal – Instituto SOS Pantanal e ArcPlan
  • Zona Costeira - Solved e ITV
  • SFB - Serviço Floresal Brasileiro em Acordos de Cooperacao Técnica
Parceiros de Tecnologia e Sistemas
  • Google
  • EcoStage
  • Terras App
  • Solved
  • LAPIG/UFG
Financiamento
  • Iniciativa Internacional de Clima e Florestas da Noruega (NICFI)
  • Instituto Arapyaú
  • Good Energies Foundation
  • The Gordon & Betty Moore Foundation
  • Instituto Humanize
  • Child Investment Fund Foundation (CIFF)
  • Instituto Clima e Sociedade (iCS)
Parceiros Institucionais:
  • Instituto Arapyaú
  • WRI Brasil
  • The Nature Conservancy (TNC)

Coordenação Técnico-Científica: Carlos Souza (IMAZON)

Coordenação Geral: Tasso Azevedo (SEEG/OC)

Acordos de Cooperação Técnica

  • ABEMA - Associação Brasileira dos Órgãos Estaduais de Meio Ambiente
  • ANAMA - Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente
  • MMA - Ministério do Meio Ambiente
  • IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
  • SFB - Serviço Floresal Brasileiro em Acordos de Cooperacao Técnica

Parceiros Técnicos

  • Instituto Centro de Vida (ICV)
  • Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (IMAFLORA)
  • Instituto Socioambiental (ISA)